sábado, 20 de dezembro de 2014

O Apedeuta

Vejo em comentários internet afora pessoas achando o Bolsonaro, Gentilli (esse é o caso mais escroto,depois do Bolsonazi. Um cara que lança um livro com o título: Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola,fala serio né galera), Sherazade, Lobão entre outros imbecis o máximo. Cada um tem o ícone que merece. Aplaudem como focas adestradas,por exemplo, a redução da idade penal. Chamam feministas de feminazis. Não entendem o que são os direitos humanos. Clamam pela pena de morte. As vzs não se têm certeza de que século estamos a viver. Desembainhar a espada e montar seu cavalo. A idade das trevas parece não ter fim. Vcs deveriam ler mais. Muuuuito mais. Ouvir aqueles que concordam com vcs e aqueles que não concordam. Vcs sabem o que é alteridade? Pois bem,em Filosofia: Circunstância, condição ou característica que se desenvolve por relações de diferença, de contraste.Tem "indiota" que tira sarro de cientistas sociais, psicólogos, jornalistas, historiadores, etc. "Tudo comunista!" Vcs são apenas papagaios reproduzindo sofismas e comprovando a tese de que a educação no Brasil é falida, que gente com diploma de ensino superior (que sejamos modestos de superior não tem nada) sofre com a interpretação de textos. São os famigerados analfabetos funcionais. Mas eu arrisco q o analfabetismo de vcs vai ainda mais longe. Analfabeto emocional, político, social e oq mais se possam encaixar ai. Afinal de contas a ignorância reina nesse mundinho da piada meritocracia. Falta de conhecimento, preguiça inflexível para o pensamento critico (ate pq isso é sabotado nas escolas), procrastinação para o discernimento. Estudar? Pra que? Sejamos francos, muita gente que eu conheço se formou colando,graduou se à custa de trabalhos q deveriam ser feitos em grupo, mas que os outros fazem pq o SEU individualismo e o SEU “foda se” não lhe permite pensar no bem comum, foram o curso inteiro empurrando com a barriga (conquistada com cervejas em bares próximos a faculdade). Estavam atrás de um papel que os diferenciasse da maioria pobre, classificados como incultos, sem muita instrução (assim como vcs mesmos), que lhes garantisse certa superioridade que não existe. Não existe pessoa melhor que pessoa. Há ideias que possam ser melhores que outras.Empatia é uma palavra perdida no dicionário. Em desuso na vida que temos como sociedade. Para pratica la é preciso conviver. Necessita sair da sua bolha.Se uma pessoa é pobre a culpa será sempre dela, do ponto de vista cego dos apedeutas. Desisto de um diálogo coerente num lugar onde a concatenação é inexistente. Deixo a vcs o selo de qualidade de suas argumentações.

Nenhum comentário: